livro de reclamações/sugestões

apipocamaispobre@gmail.com

sábado, 9 de julho de 2011

Tá na moda, Tá no Martim

 Está muito na moda os colares compridos com pendentes, ele é coruja, é borboleta, é coração, é asa de anjo...etcera etcera! Meus amigos, esses colares que compramos na Bijou Brigitte por 13 euros ou mais e nos chineses por 3,50 euros podem ficar por 1, 50. Como?! 


Uma tarde de sexta-feira passada no Martim Moniz valeu-me 3 colares. Escolhi o pendente que me ficou por 0,50 cêntimos e o fio por 1 euro e a Dali os juntou mas podia ter sido eu porque é mesmo muito fácil. 
Dá um bocadinho mais de trabalho, mas tens um colar ao teu gosto por 1,50 e dá para oferecer como lembraçinha, também. 

E então, alguma diferença com os outros, das lojas da Bershka e Co.?! ;)


8 comentários:

PinkEmotions disse...

Explica lá isso melhor. Que pendentes existem, onde se pode comprar, etc etc :P

Pipoca mais pobre disse...

Então é assim: há duas lojinhas que vendem os materiais para fazer bijouteria. Uma fica mesmo ao lado do centro comercial que há no Martim Moniz para quem vem da zona das lojas na Baixa e a outra fica no último piso do centro comercial. Tanto um como outro tens que ir muito atenta porque as portinhas passam despercebidas no meio de tanta confusão. E não têm nome, ou se têm eu não vi. De qualquer forma eu vou lá amanhã e presto atenção a isso também :)

bjito! ;)

Pipoca mais pobre disse...

já pendentes existem mooooooooooooontes. Pensa num...lá existe ;) em dourado ou em prateado. ;)

bjito!

Lady Me disse...

Uau! Quem me dera que por onde eu vivo existissem assim coisinhas baratas! :)

Pipoca mais pobre disse...

e este verão? Vem fazer uma visitinha a LX, aproveita as pechichas ;)


bjito!

M.M. disse...

Adorei a ideia! Amanhã vou lá dar uma espreitadela! :)

Pipoca mais pobre disse...

:) e fazes bem! Encontram-se verdadeiros achados!

Quem sabe não nos cruzamos ;)

bjitos!

pink poison disse...

Eu também tenho uma loja, de preferência, onde escolho as peças, o fio ou corrente e imagino algo diferente. Muito bom!